Promoção!

Barroso

Mel de Barroso DOP Biológico | 350 g

7,20

MEL DE BARROSO

O “Mel de Barroso” – DOP é produzido pela abelha Apis mellifera iberiensis (sp. Ibérica), nas regiões de cota mais elevada do Barroso. As suas características particulares resultam de um extraordinário manto vegetal, composto maioritariamente de urzes (Erica sp.), que além de proporcionarem um bom desenvolvimento das colónias das abelhas, originam o fabrico de um mel escuro muito apreciado.

A procura deste tipo de Mel é bastante elevada, pois tem inúmeras utilizações, nomeadamente na culinária regional e na acção terapêutica, já que contém uma infinidade de substâncias benéficas para o organismo humano (antioxidantes, vitaminas, aminoácidos, proteínas, …), revelando-se uma óptima fonte natural de saúde.

Em stock

REF: 1200500250099 Categorias: ,

Descrição

Região

Boticas, Chaves, Montalegre, Vila Pouca de Aguiar e duas freguesias do concelho de Murça localizadas acima dos 500 metros (Jou e Valongo dos Milhais)

Características físico-químicas

As características físico-químicas do “Mel de Barroso” – DOP podem ser resumidas como a seguir se indica:

Características polínicas de uma espécie vegetal dominante a urze

O “Mel de Barroso” – DOP é um mel monofloral, no que se refere à sua origem floral e polínica, e é produzido principalmente a partir de uma espécie vegetal dominante a urze.

Ações Terapêuticas

A procura do “Mel de Barroso”- DOP é bastante elevada, porque contém constituintes minerais que lhe conferem inigualáveis propriedades terapêuticas, sendo uma óptima fonte natural de saúde.

Administrado por via oral

O mel cura os transtornos intestinais, as úlceras do estômago e as insónias. Ajuda ainda no tratamento de problemas pulmonares, da garganta, da visão e no tratamento de gastroenterites e também certos problemas do coração. Aumenta o conteúdo de hemoglobina no sangue e o vigor muscular. O mel também é um excelente energético, anti-reumático, vasodilatador, diurético, digestivo, hiperglicémico, anti espasmódico, sedativo, ligeiramente laxante, entre outros.

Administração cutânea

O mel tem propriedades bactericidas, anti-sépticas, cicatrizantes, tonificantes, e ainda cura os enxertos de pele, as queimaduras e as micoses.
Tonifica também e rejuvenesce a pele e os músculos, existindo inúmeros produtos de beleza à base de mel.

O mel tem propriedades antibacterianas, por possuir elevada osmolaridade, acidez e conter a enzima glucose oxidase que produz ácido glucónico (gluconolactano) e peróxido de hidrogénio (água oxigenada).

Glucose + H2O (água) + O2 (Oxigénio) -> ácido glucónico + H2O2 (água oxigenada)

As crianças alimentadas com mel são visivelmente mais desenvolvidas do que as alimentadas com açúcar. O mel facilita a retenção de cálcio, activa a ossificação e a saída dos dentes.

Características técnicas

– Cor acentuadamente escura;
– Rico em sais minerais;
– Níveis de cristalização médios e regulares;
Características Físico-químicas:
– Humidade <18%
– Sacarose <5%
– Açucares redutores (Frutose/Glucose)> 65%
– Cinzas <0.6%
– Substâncias insolúveis <0.1%
– Acidez <4 cm3 de solução IN/100g de mel
– Índice diastásico> 8 (escala de GÖTHE)
– Hidroximetilfurfural <40 mg/kg de mel
– Cor> 8 (escala de PFUND)
– Densidade> 1.4 (20 ºC)
– Índice de refração> 1.4915 (20 ºC)
– Pólen> 15% de pólen de ericáceas em situação de predominância
– Antibióticos (tetraciclinas e sulfonamidas) ausentes;
– Acaricidas (químicos) ausentes;
Legislação: D.L. nº.214/2003 de 18 de setembro; D.L. nº. 1/2007 de 2 de janeiro; Reg. (CE) nº 834/2007 de 28 de junho; Reg. (CE) nº 889/2008 de 5 de setembro

Utilização Esperada
– Adoçante;
– Uso culinário;
– Ação terapêutica.

Condições de Armazenagem
– Em locais secos e resguardados da incidência directa da luz solar.

Recomendações de Consumo
– Ter particular atenção no consumo do mel em:
→Crianças até 3 anos;
→Diabéticos;
→Alérgicos.

 

 

 

 

 

 

Informação adicional

Peso 0,6 kg
Dimensões (C x L x A) 0,6 × 0,6 × 12 cm
Peso

350g

Flora Predominante

Urze